Ganho de massa muscular

 

 O desenvolvimento da massa muscular de qualquer pessoa ocorre por fatores genéticos e principalmente por fatores hormonais, além de treinamento específico para o desenvolvimento da mesma.

Um bom exemplo de fator hormonal é o nível de testosterona encontrado em nosso organismo,este hormônio é um dos principais hormônios ligados ao ganho de massa muscular e diminuição de gordura corporal.

Entre outras características a testosterona estimula o metabolismo e sua falta pode  causar perda de  força , cansaço e perda de desejo sexual.

A massa muscular também depende de outros hormônios ,como  por exemplo o GH conhecido como  hormônio do crescimento que também é produzido pelo nosso organismo, durante nossa infância e adolescência produzimos grandes quantidades desse hormônio em nosso organismo.Em estudos foi identificado que pessoas que tiveram deficiência de GH em sua infância e adolescência apresentam envelhecimento precoce , fraqueza muscular e tendência a obesidade abdominal.

É importante que todo esse tratamento seja acompanhado por um médico porque o uso abusivo e indiscriminado de hormônios para ganho de massa muscular pode causar sérios danos à saúde , como sobrecarga das funções hepáticas , problemas na próstata , manchas na pele , ginecomastia entre outros.Sendo assim , somente após exames médicos é possível identificar a deficiência ou não de hormônios e diagnosticar a necessidade e dosagem certa.

Qualquer medicação que aumente a performance ou ganho de massa deve ser prescrita e orientada conforme a necessidade individual e somente um médico pode garantir que o uso seja seguro.

Sempre faça exames médicos para identificar as deficiências de seu organismo , somente após a avaliação de exames é possível identificar as necessidades de cada organismo assegurando sua saúde e garantindo bons resultados.